Entrevista Exclusiva – Campeão Flavio Vieira!

Quem mora em Brasília sabe que um bom passeio é ir para Goiânia, seja para curtir os bares e baladas, ou ainda fazer compras. A cidade fica a 209 km de Brasília, nada que 2 a 3 horinhas de carro não resolvam. E o que você acharia de uma pessoa que conseguiria fazer esse trajeto… CORRENDO… sem parar… em menos de 24 horas!!! É realmente impressionante, não é?

Hoje, iremos entrevistar o ultramaratonista Flavio Vieira, que desafia os limites do próprio corpo constantemente. Ele foi o campeão solo da última edição da Corrida 24 Horas de Brasília, onde percorreu 212 km no tempo oficial de pouco mais de 23 horas e 44 minutos, e vai atrás do bicampeonato! É adepto da ultramaratona, que é uma modalidade de corrida que percorre distâncias superiores a uma maratona, ou seja, 42.195 metros.

Corrida 24 Horas – Uau, 212 km sem parar! Você se acha normal? (risos)

Flávio Vieira – Muita gente não consegue compreender o motivo de fazer isso. Entendo que dentro desse suposto absurdo há uma normalidade, desde que você tenha objetivos muito bem definidos e se condicione para atingi-los. O grande segredo é sentir prazer no que faz.

Corrida 24 Horas – Como surgiu a ultramaratona na sua vida?

Flávio Vieira – Eu treino atletismo desde 1990. À medida que os anos passam é natural que surjam novos desafios. No ano 2000, por intermédio de um site, descobri que seria realizada uma corrida 24 horas na pista de atletismo do Ibirapuera, em São Paulo. Isto me despertou para o mundo das ultramaratonas.

Corrida 24 Horas – E quais foram suas maiores conquistas no mundo da ultramaratona?

Flávio Vieira – Me dedico exclusivamente às maratonas e ultramaratonas desde 2012, apesar de ter disputado 2 competições de 24 horas em 2000 e 2001. Já participei de provas de distância e tempo, conquistando vários pódios e recordes, tendo como exemplo: Volta do Lago 2013 – 60 Km – DF; 14ª 100 Km Pharaonic Race 2014 – Cairo/Egito; 12 Horas London Enduro 2015 – Londres/Inglaterra; 24 Horas de Santa Maria 2016 – RS; 12 Horas de Macaé 2016 e 2017. Finalista na Spartathlon 2016 – 246 Km – Atenas/Grécia. Integrante da Equipe Brasileira no Mundial de 24 Horas de 2015 – Turim/Itália.

Corrida 24 Horas – Como foi seu treinamento para correr a Corrida 24 Horas de Brasília?

Flávio Vieira – No caso das 24 horas, o volume diário varia de 15 a 50 Km, dependendo do treino específico. No mês são 450 a 500 Km. O trabalho de aquecimento, alongamento e musculação também são muito importantes. Aliado ao condicionamento físico, o acompanhamento médico e nutricional são fundamentais para o complemento de uma boa preparação. O fato de residir em Brasília e treinar no local da prova contribuiu para uma adequada aclimatação e adaptação.

Corrida 24 Horas – E como foi a prova? Descreva o que foi este desafio para você.

Flávio Vieira – As 24 Horas de Brasília possuem características muito distintas. O circuito de 4 Km é muito exigente com aclives e declives não muito acentuados, mas que se tornam mais difíceis com o passar das horas. O clima de Brasília em julho é muito seco, o que inspira maiores e melhores cuidados com a alimentação e, sobretudo, com a hidratação. Apesar de todas as dificuldades, consegui imprimir um ritmo de prova confortável e ininterrupto, dentro do planejado. Cabe ressaltar que a minha equipe de apoio, composta pela minha esposa Raquel e meus filhos Flavia e Vinícius – a Família Ultra, os profissionais da Clínica Akeso e o Educador Físico Célio, participaram de forma decisiva na manutenção da competitividade. Foi uma experiência única e muito gratificante.

Corrida 24 Horas – Qual a parte mais difícil de uma prova como esta? O que pesa mais, o físico, o psicológico?

Flávio Vieira – Eu considero que o mais crítico são os pensamentos negativos que permeiam sua mente na tentativa de sabotar a sua prova. Afastá-los e não deixá-los influenciar é fundamental, bem como manter o otimismo e a perseverança. É importante saber diferenciar as dores por esforço repetitivo das dores por lesão, pois tudo passa, basta confiar no seu condicionamento. Uma observação que tem peso significativo tanto no físico como no psicológico: em uma ultramaratona, não atinge os seus objetivos quem corre mais ou é mais rápido, mas quem para menos.

Corrida 24 Horas – Se pudesse dar três dicas valiosas para quem deseja correr uma ultramaratona, quais seriam?

Flávio Vieira – Primeiramente, acredito que a experiência em participar de uma ultramaratona é primordial para se familiarizar com todos os elementos que a compõem, entender como funciona e vivenciar os seus estímulos.
Com a experiência, se desenvolve o autoconhecimento, ou seja, a percepção do que é necessário para que se produza uma estratégia de competição para atingir objetivos.
Por último, uma estratégia de competição flexível de acordo com a sua evolução (concluir a prova, pódio na faixa etária ou premiação geral).

Corrida 24 Horas – E Flavio, você se imaginava sendo um ultramaratonista de referência no Brasil?

Flávio Vieira – Inicialmente não. Com os resultados, independentemente da nossa vontade, passamos a imagem de que somos bem sucedidos naquilo que nos propomos a fazer. Se isso incentivar e motivar alguém, fico muito satisfeito e espero que cada vez mais desperte o interesse nas ultramaratonas, que é um dos caminhos para o reconhecimento do esporte.

Corrida 24 Horas – Qual seu próximo desafio?

Flávio Vieira – Confirmados, somente a participação na Volta do Lago 60 Km e nas 24 Horas de Brasília. Na dependência de patrocínio, quero participar da Spartathlon e da 3ª Authentic Phidippides, ambas na Grécia.

Corrida 24 Horas – Gostaria de deixar uma mensagem final?

Flávio Vieira – A minha motivação para correr está na manutenção do preparo físico, na qualidade de vida e na superação e conquista de objetivos. Acredito que o limite é apenas o início de um novo desafio.


Corrida 24 Horas – A equipe da 5ª Corrida 24 Horas de Brasília gostaria de agradecer imensamente a participação do querido ultramaratonista Flavio Vieira, foi um prazer!

E vale lembrar que o Flavio está em busca de patrocínio para a Spartathlon e da 3ª Authentic Phidippides, ambas na Grécia. Quem tiver interesse, entrar em contato pelo facebook (//www.facebook.com/sgtflaviovieira) ou pelo blog (//sgtflaviovieira.wixsite.com/flavioultra).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *